terça-feira, 16 de março de 2010

Gringos em Erechim/RS


Um pequena pausa na atualização do nosso blog, por uma causa muito nobre.

Quinta-feira da semana passada fomos agraciados com a visita dos amigos John, Dave e Garrett, que conhecemos na viagem a Carretera Austral e Ushuaia.

John desceu do Canadá rodando e Dave baixou de avião na Colombia, de onde seguiram caminho juntos. Andam com duas Kawasaki KLR650. Garrett, o terceiro, é americano e também pilota uma Kawasaki KLR650, porém mais antiga.

O amigo John conheceu Garrett no canal do Panamá e depois se encontraram em Santiago. Se separaram e depois teve outro reencontro em El Calafate, onde nós já estávamos presentes. E dali seguiram viagem juntos, os três.

Nosso primeiro "encontro" foi num posto de gasolina em El Chaltén, na Argentina. Não tinha mais gasolina para abastecimento e tivemos que esperar até às 14h, para que chegasse o caminhão. Conversamos um pouco e trocamos adesivos. Depois fomos nos encontrando pelo caminho até El Calafate, onde ficamos no mesmo hotel.


El Chaltén


Dave


John


na estrada




El Calafate




com uma turma muito boa de Vila Velha/ES


Mais tarde em Punta Arenas, também no mesmo hotel. Estávamos voltando do Fuerte Bulnes, no final da carretera, quando no centro de Punta Arenas, numa sinaleira, encontramos eles novamente. Levamos eles até o "nosso" hotel. Até porque, demoramos mais de duas horas para achar um hotel de acordo em Punta Arenas.


Dave e eu em Punta Arenas


Grazi tomando uma Austral


Garrett e John


Em Ushuaia a mesma coisa. De brincadeira falamos que estaríamos na Calle San Martin, a principal, num "tenedor libre" às 20h30, esperando eles para uma "cerveza" e "tenedor libre". Para nossa surpresa... chegaram. Pegaram um hotel muito caro no primeiro dia. Mas no outro dia já levamos eles para a pousada Del Mickay, da nossa amiga Sílvia. Muito boa e acessível. Ficamos ali em 2005 também.


Ushuaia


E todas as noites era "cerveza" e "tenedor libre", com muito conhecimento para ambas as partes. Foi muito interessante conhecer essas pessoas. E assim fomos criando uma amizade legal.


Nosso amigo Dave irá retornar de avião a partir de São Paulo, onde irá embarcar a sua moto também. Tem compromissos profissionais e precisa estar no Canadá até o final de março, enquanto Garrett e John seguirão por terra e barco, a partir de Manaus.

Garrett foi soldado dos Estados Unidos no Iraque. Ficou por lá quatorze meses e agora está dispensado. Está na estrada desde setembro do ano passado e está com 31.000km rodados. Está com tempo para voltar  para casa rodando.

John tinha uma empresa de construção civil. Vendeu e saiu para uma "pequena" férias. Está desde outubro na estrada e já rodou 39.000km até agora. Dave também tem uma empresa de construção civil e está na estrada desde dezembro. Rodou mais ou menos 25.000km.


passeios por Erechim




John


americano Garrett


Dave



Uma amizade que com certeza ficará marcada para o resto de nossas vidas. Bateu uma saudade quando foram embora hoje pela manhã. Agora a pouco liguei para o hotel em Foz do Iguaçú para falar com eles. Ontem a noite deixei o roteiro pronto e hotel reservado para os três. Estão bem e agora vão subir o Brasil.

Enfim... quatro dias de muita alegria em Erechim e região com os amigos "importados". A despedida é que mata.

Forte abraço a todos!

domingo, 28 de fevereiro de 2010

30º dia - Guaíba/RS a Erechim/RS - 492km

Último dia de viagem, infelizmente.

Acordamos cedo e tomamos um bom banho. Conversamos um pouco mais com os amigos Fábio e Sara, e pegamos o rumo para Santa Cruz do Sul. Na estrada, o calor já estava presente nas primeiras horas da manhã, com termômetro marcando 29c na BR290. Longas retas, o que fez a viagem render.

Fábio e Sara e os "filhotes" Pedro e Guilherme

acelera... pra não perder o sorteio do bife kkk

trevo de Rio Pardo... no caminho certo...


Chegamos em Santa Cruz às 11h30 e fomos direto na casa do amigo Roger, que foi nos "resgatar". Tiramos aquelas roupas quentes e colocamos bermuda e chinelos, pois estava muito quente.

o "resgate" em Santa Cruz do Sul...


preparando o assado... muito bom...


O churrasco foi um caso a parte. Uma delícia de carne, suculenta, para encerrar com chave de ouro a viagem. Ficamos proseando até quase 17h, tão bom o papo que nem vimos as horas passarem. Nos despedimos dos amigos Roger e Giza e seguimos para os 330km finais da nossa aventura.

despedida...


¨tamo¨ ferrados...


E o calor quase matando. Paramos em Pouso Novo para tomarmos uma água. Estrada em ótimo estado, pedagiada, mas que moto não paga, nem o "bitrem" RT hehe. Muito movimentada.

Já escurecendo, o calor foi amenizado. Outra parada em Passo Fundo para colocar um pouco de gasolina na RT, o suficiente para chegar em nossa cidade.

final da tarde...


Baixamos a velocidade, pois a estrada estava muito bonita, iluminada pela lua. No som da moto, um tango, para comemorar a viagem. Uma hora depois chegamos aqui em Erechim.


um tango, a luz da lua, para comemorar a "camperiada"...


Viagem tranquila e sem percalços. No total foram 14.134km rodados com a RT.

final da viagem...


cansados... mas realizados...


Essa semana já começaremos a atualizar o blog como se deve...

Agradecemos desde já a todos que enviaram mensagens pelo blog e e-mail. Em breve serão respondidos.

Forte abraço!

29º dia - Montevideo/Uruguai a Guaíba/RS - 870km

Acordamos "cedão" hoje, pois tinhamos muita estrada pela frente. Abastecemos a moto e "adelante". Passamos novamente pela "costaneira", ou "rambla", como chamam por lá. Linda e extensa.


a rambla de Montevideo


E fomos costeando o Atlântico, por dezenas de quilômetros. Passamos por várias "prainhas" pelo caminho, até que entramos em uma autoestrada em direção a Punta del Este.


retas e bom asfalto


Temperatura agradável, com o tempo mesclando sol e nuvens. Ideal.

Punta del Este um caso a parte. Lindíssima. Lindas casas e edifícios. Paramos no "areião" para tirarmos uma foto na escultura da mão, na beira da praia. E o calor já "pegando". Compramos uma água e seguimos viagem, por longas e intermináveis retas.

chegando em Punta del Este


cassino Conrad







Em Rocha, paramos para um almoço. Quase uma hora de descanso. Aproveitei para colar um dos nossos adesivos em uma vidraça do restaurante, cheia de "calcos" de todas as partes, mas com muitos de brasileiros.


deixando um adesivo de "recuerdo"


contando o que restou da "plata" uruguaia


hora do almoço


No caminho, entramos na Fortaleza de Santa Teresa. Lugar magnífico e bem conservado, dentro de um parque que foi criado para preservar a mesma, o Parque Nacional de Santa Teresa. A entrada é bem legal, com asfalto, cercada de coqueiros. E o forte impressiona pelo tamanho. São vários canhões e salas, com armas e roupas de época. Interessante. Vale a pena conhecer. Ficamos mais de uma hora no local. Depois da visita, seguimos viagem.

entrada do parque


administração do parque


alguns bichinhos bem a vontade


nos recebendo


linda e impressionante visão do forte


vamos lá







paredes duplas? ou triplas?










semi-novo






banheiro


igreja


uma das salas de exposição


ferraria do forte


algumas relíquias expostas


um dos marcos do tratado de 1750










Fortaleza de Santa Teresa


Depois do momento cultural na Fortaleza, chegamos na "organizada" Chuy. Carimbamos os passaportes e antes de sairmos de fato do Uruguai, abastecemos a moto, com os últimos "trocos" da moeda local.


chegando no Chuy


Cruzamos a barreira da Receita Federal, sem parada, e subimos por uma longa reta até Río Grande. Monotona, diria, mas que rendeu bem. Deixei a moto no piloto automático a 140 km/h, direto. Passamos pelo Taim. Lindo local.


entrando no Taim


passando por Pelotas/RS


Em Río Grande, paramos para abastecer a moto e tivemos que decidir na hora onde iríamos parar hoje, pois saímos sem destino. Caçapava do Sul? Río Grande? Pelotas? Canguçu? Porto Alegre??? Ligamos para o amigo Fábio de Guaíba. Acertamos o encontro e seguimos no trecho, já 18h.


em direção a Guaíba


escurecendo




Fizemos uma última parada em Cristal, para dar uma "esticada". Aproveitamos para limpar o parabrisa da moto que estava "crivado" de bichinhos, prejudicando a pilotagem. Tomamos uma coca-cola e comemos um chocolate para não dar sono.


limpando o parabrisa


Como previsto, 3h depois chegamos aqui em Guaíba. Fomos recepcionados pelos amigos Fábio e Sara. Tomamos "aquele" banho. Fizeram uma janta legal agora a pouco. E depois uma boa e gelada cerveja que não pode faltar na casa dos amigos "Kakinhos". Ficamos até quase 1h da madrugada, colocando o papo em "dia".

Muito bom rever os amigos. Rodamos mais de 800km hoje, tranquilos. E amanhã nos encaminhamos para o último dia da viagem. Já estamos com saudades de tudo kkk.

Forte abraço a todos!