segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Villa Unión ARG - Paso Agua Negra - La Serena Chile - XXX KM

Boa noite nobres colegas!

Hoje foi o dia de campereada. Correr campo kkk

Tomei o cafézito no Costa de Miranda e segui para San José de Vinchina, ou Vinchina. Na entrada da cidade fui recepcionado por um grupo da Gendarmeria Argentina fazendo um controle de barreira. Simpáticos, não lembrando em nada os da Ruta 14 de Entre-Rios, informaram que o Paso Pircas Negras somente abriria em jueves, ou seja, quinta-feira. Bola na trave.

http://www.pasosfronterizos.gov.cl/n798_16-01-2012.html

Ainda indicaram alguns passeios que poderia fazer na cidade. Até entrei, mas resolvi retornar ao hotel que estava em Villa Unión para rever mapa e reprogramar a viagem, que não tinha programação alguma kkk

Duas opções no momento: retornar a Cuesta de Miranda, Catamarca e Santiago del Estero e iniciar o regresso ao Brasil. Ou cruzar novamente o Paso Agua Negra em direção ao Chile.

Adivinhem? kkk

Vamos de novo. Paso Agua Negra. O mais alto dentre os passos que fazem divisa com o Chile.

Peguei a Ruta40 em direção a Guandacol e San José de Jachal. Botei a RT no automático de dele estrada. Uma serrinha legal depois de Guandacol. Fui parado pelo controle de barreira. Mas coisa rápida.

A estrada segue com muitas ondulações. E muitas delas cruzando bastante água do degelo das montanhas. E barro também.

A paisagem dessa estrada é muito bonita e variada.

Cheguei em Las Flores, novamente, para abastecer a moto e fazer um pequeno lanche no restaurante do senhor Eduardo e Mônica. Fizemos amizade com esse pessoal muito legal quando estivemos outro dia cidade.

Segui para a aduana. Como sempre, longas filas.

Conheci três argentinos viajando de 125 e 150. Gurizada gente boa.

A RT virou atração na aduana. Quase comecei a cobrar pelas fotos kkk

Fiquei conversando com o pessoal e os policiais. Uma alegria. Até o capitão ficou de papo comigo. Tudo gente boa... como já a segunda vez que estava passando, vários recordaram.

Perdi duas horas nesse primeiro trâmite. Destacamento Las Flores.

Subindo o Agua Negra. O bom seria fazer o caminho inverso, para ver o lado B do disco.

Notei que estava mais frio e com muito vento. Parei algumas vezes para um xixi básico e tomar água, além de sacar algumas fotos.

A RT dominando. Andando forte. O pessoal se impressiona, mas anda legal. Deu três horas de uma aduana a outra. Isso que tinha muito pedra solta e areia em algumas partes. São 122km de rípio no sobe e desce de montanha.

E na aduana chilena, mais uma vez, mais fila. Nessa eu perdi uma hora e vinte minutos. Mas tranquilo.

Conheci uma senhora de mais ou menos 50 anos que está recorrendo toda a América de BMW F650GS em viagem solo. Saiu de Seattle, Estados Unidos, e tem como destino Ushuaia. Que maravilha!

Sol baixando. Mas a paisagem no interior dos Andes, apreciando os parreirais, não tem preço. Coisa de louco.

Era mais de 21h estava chegando aqui em La Serena. Como já tinha avistado na outra oportunidade uma pousada próxima de um restaurante chinês não perdi tempo e fui direto. Coisa simples de turista. Quarto 2 x 3 m com uma agradável cama box. Banho compartido porta a porta.

Trinta minutos depois já tinha tirado todo o pó do corpo e fui ao chinês curtir uma comida. Manter o corpito em ordem kkk

A viagem de hoje foi tranquila, mas apertei o "passo". Veremos os próximos capítulos. Vou tirar uns dias na costa e tomar aquele banho no Pacífico, que ainda não saiu kkk

Forte abraço a todos!

Gedson
OnBoard R1200RT - Bi-Trem - Erechim (RS)











































Um comentário:

  1. Belos visuais. Lugar incrível!

    Siga em boa viagem!

    Abs
    DanielRJ

    ResponderExcluir