quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

De Biz na Patagônia 2013 - Bahía Blanca a Buenos Aires Argentina


Buenas nobres amigos!

Hoje o dia foi corrido, de muita estrada.

Foram mais de 700km rodados.

Saímos "queimados" de Bahía Blanca, pois pela manhã, na primeira hora, fomos trocar o pneu traseiro da Biz ADV.

Como estava muito conveniente, decidi fazer a troca por Bahía Blanca.

Primeiro com a ajuda do amigo Angel Reyes que já tinha a informação das lojas.

São várias, mas fomos em duas.

Na primeira a dona não baixava um centavo os 545 pesos do Michelin Pilot Sporty, o mesmo que estava utilizando.

Não aceitava dólar. Mas podia pagar por "tarjeta" ou efectivo.

Sem querer fomos em outra loja, próxima da primeira, e conseguimos um excelente negócio.

Mira:

Fez o mesmo pneu, Michelin Pilot Sporty, a 500 pesos e aceitava o dólar a 10, no tal "dólar blue".

A cotação oficial é de aproximadamente 5,8. Então é como se tivesse pago somente 80 pesos nesse pneu.

Como estamos na Argentina, com leis e câmbio vigentes dessa nação, e preciso para agora, é essa a "fórmula" dessa compra.

Não demorou muito para montar.

Antes do aperto final aproveitei para apertar um pouco a corrente de transmissão.

Esse pneu durou muito... mais de 8.000km rodados e creio que iria até em casa. Mas por segurança e conveniência, preferi a troca.

Abasteci a moto e seguimos para o trevo da cidade.

O amigo Angelo acompanhou logo após a saída.

Nos despedimos e segui viagem. Isso já era mais de 11h da manhã.

Agradeço novamente o empenho e hospitalidade do amigo.

Será batizada de "La Posta del MotoViajero de Angel". kkk

Segui por longas retas.

A partir de Bahía Blanca, subindo pela Ruta 3, já começa a aparecer as grandes fazendas e extensas plantações de soja e trigo.

Muito movimento de caminhões e colheitadeiras. A safra está boa pelo visto.

Parada em Coronel Dorrego para abastecimento.

Abastecimento??? Não... "Estamos sin gasolina".

Somente para às 14h.

Tomei um cafézito e segui viagem, sabendo que teria que abastecer com o bídon.

Uns 5km antes da próxima bomba de combustível, adivinhem?

Acabou a gasolina é claro. kkkk

Abastecendo com o bídon em plena Ruta 3.

Segue viagem, a Bizoca estava de bom humor e manteve velocidades de 90 a 110 km/h.

Excelente. Faz render as horas.

Outras duas paradas e a penúltima em Cañuelas, cidade por onde passei em 2003.

Dez anos atrás.

Foi como passar um filme na cabeça.

Toda aquela emoção da primeira viagem solitário, dormindo em barraca, com pouca grana, com uma pequena 250.

Confesso que fiquei emocionado com os detalhes que estava lembrando.

Parei no mesmo posto que comi um lanche naquela época.

Fiz uma janta legal. Milanesa com um suco. Postre um chocolate.

Estava previsto chegar em Buenos Aires depois da meia-noite, visto o horário que sai de Bahía Blanca.

O hotel já estava reservado. Então virando roda nesses 60km finais.

Uma autoestrada duplicada, toda iluminada, até Buenos Aires. Barbaro.

Peguei ainda um "paro" por protestos. Tive que pegar uma via lateral para seguir caminho. Todos que estavam indo a Buenos Aires.

Movimentão bárbaro de noite. Não pára nunca.

Meia noite passada cheguei aqui em Buenos Aires. Tudo tranquilo. Já estava "jantado", entonces, só descarregar as coisas e tomar um banho.

Amanhã dia de folga nessa hermosa ciudade.

Saludos!

Gedson Frasson
Honda Biz 125 ADV


 
cambiando la cubierta
 
despedida do amigo Angel

 
Estacion Coronel Dorrego: sin conbustible

Azul
 
 
Estacion de Servicio Cañuelas

Buenos Aires... de Biz!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário